Entre Amigos

Portaria MDS/INSS Institui instrumentos para avaliação da deficiência e do grau de incapacidade de pessoas com deficiência requerentes ao Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social - BPC.

MDS/INSS - Portaria Conjunta nº 1/2009
2/6/2009
 
PORTARIA CONJUNTA MDS/INSS Nº 1, DE 29 DE MAIO DE 2009
DOU 01.06.2009, republic. em 02.06.2009
 
Institui instrumentos para avaliação da deficiência e do grau de incapacidade de pessoas com deficiência requerentes ao Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social - BPC, conforme estabelece o art. 16, § 3º, do Decreto nº 6.214, de 26 de setembro de 2007, alterado pelo Decreto nº 6.564, de 12 de setembro de 2008.
 
O MINISTRO DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME - MDS, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo art. 87, parágrafo único, II, da Constituição, e O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Portaria nº 26, de 19 de janeiro de 2007, art. 6º, inciso I e X, da Estrutura Regimental do INSS, aprovada pelo Decreto n° 5.870, de 8 de agosto de 2006,
 
CONSIDERANDO o novo modelo de avaliação da deficiência e do grau de incapacidade da pessoa com deficiência requerente ao Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social - BPC, instituído pelo Decreto nº 6.214, de 26 de setembro de 2007, e alterações posteriores;
 
CONSIDERANDO o prazo para implementação do novo modelo de avaliação da deficiência e do grau de incapacidade da pessoa com deficiência requerente ao BPC, estabelecido pelo art. 50 do Decreto nº 6.214/2007;
 
CONSIDERANDO a necessidade de desenvolver a avaliação da deficiência e do grau de incapacidade da pessoa com deficiência requerente ao BPC em sistema operacional informatizado; e
 
CONSIDERANDO a determinação legal acerca da responsabilidade de operacionalização do BPC pelo INSS, conforme o art. 20, § 6º, da Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, e art. 3º do Decreto nº 6.214/2007, resolvem:
 
Art. 1º Ficam instituídos os instrumentos para avaliação da deficiência e do grau de incapacidade, composta de avaliação médica e social.
 
§ 1º Os instrumentos a que se refere o caput são constituídos de dois modelos diferentes, assim discriminados:
 
a) Avaliação da deficiência e do grau de incapacidade - Pessoa com deficiência - 16 anos ou mais - Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social - BPC - espécie 87, anexo I;
b) Avaliação da deficiência e do grau de incapacidade - Pessoa com deficiência - criança e adolescente menor de 16 anos - Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social - BPC - espécie 87, anexo II.
 
Art. 2º Os instrumentos para avaliação da deficiência e do grau de incapacidade destinam-se à utilização pelo assistente social e pelo médico perito, ambos do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, da seguinte forma:
 
I - Assistente Social:
a) avaliação social, considerando e qualificando os fatores ambientais por meio dos domínios: produtos e tecnologias; condições de moradia e mudanças ambientais; apoios e relacionamentos; atitudes; serviços, sistemas e políticas.
b) avaliação social considerando e qualificando atividades e participação - parte social, para requerentes com 16 anos de idade ou mais, por meio dos domínios: vida doméstica; relação e interações interpessoais; áreas principais da vida; vida comunitária, social e cívica.
c) avaliação social, considerando e qualificando atividades e participação - parte social, para requerentes menores de 16 anos de idade, por meio dos domínios: relação e interações interpessoais; áreas principais da vida; vida comunitária, social e cívica.
 
II - Médico-Perito:
a) avaliação médica, considerando e qualificando as funções do corpo por meio dos domínios: funções mentais; funções sensoriais da visão; funções sensoriais da audição; funções sensoriais da voz e da fala; funções do sistema cardiovascular; funções do sistema hematológico; funções do sistema imunológico; funções do sistema respiratório; funções do sistema digestivo; funções dos sistemas metabólico e endócrino; funções geniturinárias; funções neuromusculoesqueléticas e relacionadas ao movimento; funções da pele.
b) avaliação médica, considerando e qualificando atividades e participação - parte médica, por meio dos domínios: aprendizagem e aplicação do conhecimento; tarefas e exigências gerais; comunicação; mobilidade; cuidado pessoal.
 
Art. 3º Os instrumentos para avaliação da deficiência e do grau de incapacidade a que se refere o art. 1º podem compor os sistemas operacionais usados pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS para reconhecimento do direito ao recebimento e manutenção dos benefícios administrados pela Previdência Social e podem também ser usados de forma impressa, conforme a necessidade, para cumprir o estabelecido pelo Decreto 6.214/2007.
 
Art. 4º Os Conceitos e Critérios de Avaliação Médica e Social, bem como a Tabela Combinatória de Pontuação a ser utilizada na aplicação dos instrumentos instituídos por esta Portaria Conjunta, encontram-se nos Anexos III e IV, respectivamente.
 
PATRUS ANANIAS - Ministro de Estado do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
VALDIR MOYSÉS SIMÃO - Presidente do Instituto Nacional do Seguro Social
 
 
Fonte: 
DOU - Diário Oficial da União

Information

Associação Educacional para a Múltipla Deficiência
Associação Síndrome de Angelman
Promove São Camilo
Associação de Pais Banespianos de Excepcionais
Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa Portadora de Deficiência
Obra Don Guanella
Conselho Mundial de Pais e Amigos do Deficiente Visual
Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação
Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual
Abra-te
Procuradoria Regional do Trabalho da 2ª Região
Associação de Pais e Amigos de Portadores de Deficiência
Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Recreação.
Divisão de Medicina e Reabilitação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Amigos Metroviários dos Excepcionais
União Mader
Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social
Secretaria de Educação do Estado de São Paulo
Associação Brasileira da Síndrome de Williamns
Centro de Documentação e Informação do Portador de Deficiência - Rui Bianchi do Nascimento
SORRI-BRASIL
Alô Vida - Fundação Orsa
Centro de Vida Independente Araci Nallin
Associação da Casa dos Deficientes de Ermelino Matarazzo
INIS
Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho
Abem
Ministério Público do Estado de São Paulo
Laboratório de Estudos em Reabilitação e Tecnologia Assistiva
Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo

Logo do Sicorde

Logo da CORDE

Logo do Governo Federal

Logo Unicef

Valid XHTML 1.0 Strict

Valid CSS!

Logo DaSilva

Logo WebGoal - Simplificando Software

©2008 - Rede Entre Amigos